Escolha uma Página

O ano de 2019 promete ser de grandes desafios para o Comércio Exterior no Brasil. Começamos com uma mudança de governo, que impactará na forma como o Brasil é visto, influenciando nas negociações e exportações de produtos nacionais. Além disso, há crises e mudanças no mercado de exportação, a guerra comercial entre Estados Unidos e China, os problemas políticos na Europa e questões internas que geram insegurança financeira.

O Brasil é um país rico em insumos e produz em quantidade expressiva produtos considerados commodities mundiais, tendo condições de ser o maior exportador de produtos variados. Mas não basta ter potencial para exportação; as empresas precisam de auxílio financeiro, tributário e legal, através de acordos bilaterais facilitando o conhecimento e quedas de travas existentes nas exportações por desconhecimento ou alto custo.

Mas o que pode influenciar os rumos do Comércio exterior brasileiro?

É missão do novo governo repensar em reformas do atual modelo, abrindo diálogos com grandes potências, como Estados Unidos e Israel, mas sem ignorar grandes recebedores de mercadoria brasileira, como a China vem se destacando. A redução da carga tributária é exigência antiga das empresas, mas ainda sem grandes avanços. A redução das tarifas de importação em bens de informática e tecnologia, está em pauta, o que pode incentivar a modernização da produção, reduzindo custos através de ganhos de volume de produção, aliados as negociações de acordos bilaterais, o que afetariam positivamente a competitividade do produto brasileiro, fortalecendo nosso mercado.

Os preços de commodities exportados pelo Brasil – soja, petróleo, minério de ferro – devem sofrer quedas, segundo a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB). Essa previsão se deve a queda do ritmo de crescimento global, aumento da taxa de juros e a guerra comercial entre Estados Unidos e China, que modifica a demanda, causando retração no fluxo comercial e queda nas cotações de commodities. O Brasil precisa se movimentar rapidamente e criar meios e oportunidades em meio a tantas crises internas e externas para que em 2019, os impactos não sejam sentidos rapidamente pelos produtores nacionais, inviabilizando negócios e perdendo o “timing”.

Investimentos em infraestrutura e tecnologia, são pontos estratégicos e requisitados há décadas pela área de logística brasileira, sem resultados válidos; nossos portos estão em péssimo estado, com equipamentos obsoletos e sem capacidade de receber grandes embarcações. A malha ferroviária é praticamente inexistente, deixando para o transporte rodoviário toda a responsabilidade de carregar nosso potencial econômico comercial em estradas deterioradas, sem segurança e com preços abusivos de frete, alavancados pelos preços altos de manutenção, folha de pagamento e prazos cada vez menores de entrega, necessários para cobrir falhas e perda de tempo com burocracias desnecessárias e exigências abusivas em vários pontos do processo.

Reavaliar programas de incentivo, revisando o marco regulatório dos portos, eliminando o excesso de processos burocráticos e obrigações tributárias, investindo em sistemas com maior unificação das informações dos exportadores/importadores, acelerando as análises dos processos aduaneiros em qualquer porto/aeroporto, ajudaria o país a se tornar mais competitivo diante de outras potências exportadoras. O investimento em profissionais capacitados é decisivo para resistir a tantas mudanças econômicas, cambiais e legais que exigem atualizações constantes e uma percepção do comércio exterior brasileiro diferenciada.

Conte conosco para vencer os desafios dessa área

O conhecimento de regras e procedimentos, prazos e, principalmente, da legislação de cada país, é decisivo para não perder a vantagem estratégica conseguida em uma negociação durante o processo aduaneiro, já dificultada por todos os entraves aqui citados.

Nosso país tem como lição de casa, auxiliar as empresas brasileiras a se manter competitivas e lucrativas, promovendo novas oportunidades de negócios. A ZHYCRON tem a missão de auxiliar em todas as etapas dos processos, garantindo que as negociações acordadas entre exportador e importador sejam cumpridas dentro da legislação, no menor prazo, otimizando custos e sempre à disposição com um atendimento diferenciado, com profissionais comprometidos com a evolução do negócio do cliente.

Temos a melhor equipe de soluções em Comércio Exterior, Logística e Inteligência de Mercado. Agende um atendimento com nossa equipe.

Fale Conosco Agora!
Fale agora com um de nossos consultores!
Olá!
Seja bem vindo ao nosso site!
Em que podemos lhe ajudar?